setembro 11, 2017

Olá, pessoas de coração partido!

Qual é o tipo de música que o brasileiro mais gosta? É a música de bad, isso mesmo. Mas pra você que levou um fora daqueles ou que terminou com o boy e ainda não superou, não se preocupe! Eu estou aqui para te ajudar a absorver na sua vida a filosofia mais sábia da atualidade: SEGUE O BAILE

São 105 músicas de superação e amor próprio e eu espero de coração, que no fim dessa playlist, você tenha de fato seguido seu bailinho.

Postado por:
Maria Helena

Postado em: Música

Compartilhe este post:

Share Button

setembro 10, 2017

Olá, leitores deste que vocês pensaram ser um blog extinto!

Aqui estou eu, mais uma vez, para lhes informar que não: o blog não acabou. Tenho muitos leitores e leitoras com blog, então suponho que estes devem entender como é difícil manter e atualizar um broguinho. Sim, foram 6 meses longe do meu xodó e 6 meses de aflição porque – acreditem – foi um tortura imensa ficar longe. Durante 5 desses 6 meses, o Chuva de Outubro ficou fora do ar (por falta de pagamento da hospedagem, pois a vida não tá fácil pra ninguém, não é mesmo?) e depois de voltar à rede, eu simplesmente não encontrei motivos nem paixão pra escrever.

Claramente eu estou aqui escrevendo e podemos ter certeza que o blog está ativo. Eu tinha prometido a mim mesma que desta vez não faria um texto explicando a minha ausência por motivos de: já está ficando chato. Mas a verdade é que eu não me senti obrigada a explicar o por quê de eu ter voltado ou o motivo de eu ter sumido, eu me senti obrigada a comentar que, nesses 6 meses, eu ouvi e li muita coisa que me fez pensar como é difícil ser “blogueira” nos dias de hoje.

Sem querer me prolongar muito (mas já me prolongando), eu comecei meu primeiro blog aos 6 anos de idade e desde então os blogs criados são incontáveis. Já tive blog sobre literatura, poesia, tecnologia, fotografia, notícias e tudo o que você pode imaginar. A questão aqui é que eu nunca parei de blogar, ou melhor, eu nunca bloguei por obrigação ou por achar que isso faria de mim uma pessoa mais legal. Eu simplesmente gostava de ter um blog, mesmo que a única leitora fosse eu (o que já aconteceu muitas vezes). Hoje, ser blogger, blogueira(o) ou como você quiser chamar, é um profissão e – por algum motivo que eu ainda não entendi muito bem – confere ao blogueiro um certo “status” inalcançável. Obviamente este não é o meu caso. Tenho poucos leitores fiéis e ainda consigo responder todos por e-mail (o que não é ruim) e estou muito satisfeita até agora.

Onde eu quero chegar com essa conversa toda? Bom, nesses 6 meses eu acompanhei blogueiros e blogueiras de todo tipo. A maioria dos blogues de muito sucesso, ou melhor, de muitas visualizações, possui um conteúdo raso e fútil (sem o perdão da palavra mesmo). Claro que estou generalizando. Uma boa parte possui um grande público e ótimo conteúdo, inclusive passei a acompanhar muitos deles. Enquanto isso, o Brasil está cheio de blogues com conteúdo profundo, sincero e muito bem construído que, infelizmente, possui a maioria do seu público limitado em: blogueiros. Isso mesmo, as pessoas querem as ideias mais replicadas e mastigadas o possível e, aparentemente, apenas os outros blogueiros conseguem admirar blogues que são feitos com tanto cuidado e carinho. É óbvio que eu não estou dizendo que grandes blogs não podem ter qualidade. Mas, muitas vezes, a realidade é que você acompanha um determinado blogueiro apenas pelo seu status e não pelo conteúdo que ele produz. É um pouco triste perceber o destino que os blogs brasileiros estão seguindo.

Concluindo, a mensagem que eu gostaria de deixar é essa: blogueiro é quem tem blogue e quem produz conteúdo. Mas acima de tudo, parabéns aos blogueiros que permanecem escrevendo e criando, mesmo ouvindo todos os dias que “ser blogueiro é ser fútil” e que “você só criou o blog para tentar ser famoso” e continuam escrevendo porque, afinal de contas, ainda existe gente que bloga por amor. <3

Postado por:
Maria Helena

Postado em: Textos

Compartilhe este post:

Share Button

Fevereiro 01, 2017

Já teve aquela sensação de que o tempo vai passar e você nunca vai achar o amor da sua vida? Aquele sentimento de que, por mais que você encontre a pessoa certa, nunca vai haver tempo suficiente pra gastar ao lado dela? Que a cada dia que você passa ao lado de alguém, é só mais um dia que você desperdiçou dizendo “eu te amo” pra pessoa errada? Pois é. Ás vezes a gente se sente incompleto pensando que essa sensação de que nunca vamos encontrar o grande amor de nossas vidas é a pior sensação do mundo. Não é. 

Você já desejou nunca ter encontrado o amor da sua vida? Já desejou nunca ter conhecido aquela pessoa? Não porque ela seja uma pessoa ruim ou porque você não gostaria de passar o resto da sua vida ao lado dela, mas pelo simples fato de que, ás vezes, o grande amor de nossas vidas simplesmente não nasceu pra estar ao nosso lado. E por mais que você tente ser otimista e pense que lá na frente vai dar tudo certo, que um dia as suas vidas vão ser uma só, que nada pode atrapalhar o destino inevitável que é estar com o seu grande amor… bom, a realidade está aí para provar que isso não passa de utopia.

Seja como for, a vida segue. A vida não dá a mínima se você já encontrou a pessoa certa ou não. Ela continua e ignora o fato de que você já fez a sua escolha. Ninguém vai ser capaz de substituir essa pessoa. Ninguém vai preencher o espaço que você está guardando porque esse espaço já foi preenchido há muito tempo. E por mais que você tenha aceitado e seguido em frente, não tem como ignorar o fato de que nada nem ninguém nunca vai preencher esse vazio. 

E então você aprende a viver com isso. E você finge que ainda está em busca do seu grande amor. Você age como se a pessoa certa fosse aparecer a qualquer momento. Você finge tão bem que chega até a acreditar nisso por um tempo. Mas no fundo, tudo o que você mais quer, é ter a chance de desencontrar o amor da sua vida e começar tudo de novo.

Eu sei, é tão difícil que ás vezes a gente até pensa que essa é a pior sensação do mundo. Não é.

Postado por:
Maria Helena

Postado em: Textos

Compartilhe este post:

Share Button

Janeiro 29, 2017

Olár, pessoas da internet!

Depois de quase dois meses sumida, cá estou. Mas como vocês já estão cansados dessa frase, vou pular essa parte e ir direto ao ponto. Então, quase todo mundo já deve ter visto as indicações ao Oscar de 2017, mas pra quem não viu, vou colocá-las aqui hoje, aproveitando inclusive pra comentar quem eu quero\acho que deve ganhar. Minha opinião muda alguma coisa na decisão da Academia? Não mesmo. Minha opinião muda alguma coisa na vida de qualquer pessoa? Não mesmo. Mas é por isso que eu tenho um blog, né migos? Então simbora!

 

MELHOR FILME

A Chegada

Até O Último Homem

Cercas

Estrelas Além Do Tempo

Lion – Uma Jornada Para Casa

Moonlight – Sob A Luz Do Luar

La La Land – Cantando As Estações

A Qualquer Custo

Manchester À Beira-mar

Quem eu acho que vai ganhar: Manchester À Beira-mar

 Quem eu quero que ganhe: La La Land – Cantando As Estações

 

MELHOR DIRETOR

Denis Villeneuve – A Chegada

Mel Gibson – Até O Último Homem

Damien Chazelle – La La Land – Cantando As Estações

Kenneth Lonergan – Manchester À Beira-mar

Barry Jenkins – Moonlight – Sob A Luz Do Luar

Quem eu acho que vai ganhar: Kenneth Lonergan – Manchester À Beira-mar

 Quem eu quero que ganhe: Damien Chazelle – La La Land – Cantando As Estações

 

MELHOR ATRIZ

Natalie Portman – Jackie

Emma Stone – La La Land – Cantando As Estações

Meryl Streep – Florence: Quem É Essa Mulher?

Ruth Negga – Loving

Isabelle Huppert – Elle

Quem eu acho que vai ganhar: Isabelle Huppert – Elle

Quem eu quero que ganhe: Emma Stone – La La Land – Cantando As Estações

 

MELHOR ATOR

Casey Affleck – Manchester À Beira-mar

Andrew Garfield – Até O Último Homem

Ryan Gosling – La La Land – Cantando As Estações

Viggo Mortensen – Capitão Fantástico

Denzel Washington – Cercas

Quem eu acho que vai ganhar: Ryan Gosling – La La Land – Cantando As Estações

Quem eu quero que ganhe: Ryan Gosling – La La Land – Cantando As Estações

 

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

Viola Davis – Cercas

Naomie Harris – Moonlight – Sob A Luz Do Luar

Nicole Kidman – Lion – Uma Jornada Para Casa

Octavia Spencer – Estrelas Além Do Tempo

Michelle Williams – Manchester À Beira-mar

Quem eu acho que vai ganhar: Viola Davis – Cercas

Quem eu quero que ganhe: Viola Davis – Cercas

 

MELHOR ATOR COADJUVANTE

Mahershala Ali – Moonlight – Sob A Luz Do Luar

Jeff Bridges – A Qualquer Custo

Lucas Hedges – Manchester À Beira-mar

Dev Patel – Lion – Uma Jornada Para Casa

Michael Shannon – Animais Noturnos

Quem eu acho que vai ganhar: Mahershala Ali – Moonlight – Sob A Luz Do Luar

Quem eu quero que ganhe: Lucas Hedges – Manchester À Beira-mar

 

MELHOR ANIMAÇÃO

Kubo E As Cordas Mágicas

Moana

Minha Vida De Abobrinha

A Tartaruga Vermelha

Zootopia – Essa Cidade É O Bicho

Quem eu acho que vai ganhar: Moana

Quem eu quero que ganhe: Moana

 

MELHOR FILME ESTRANGEIRO

O Apartamento (Irã)

Um Homem Chamado Ove (Suécia)

Tanna (Austrália)

Terra De Minas (Dinamarca)

Toni Erdmann (Alemanha)

Quem eu acho que vai ganhar: Um Homem Chamado Ove (Suécia)

Quem eu quero que ganhe: O Apartamento (Irã)

 

MELHORES EFEITOS VISUAIS

Horizonte Profundo – Desastre No Golfo

Doutor Estranho

Mogli – O Menino Lobo

Kubo E As Cordas Mágicas

Rogue One: Uma História Star Wars

Quem eu acho que vai ganhar: Rogue One: Uma História Star Wars

Quem eu quero que ganhe: Rogue One: Uma História Star Wars

 

MELHOR FOTOGRAFIA

A Chegada

La La Land – Cantando As Estações

Lion – Uma Jornada Para Casa

Moonlight – Sob A Luz Do Luar

Silêncio

Quem eu acho que vai ganhar: A Chegada

Quem eu quero que ganhe: La La Land – Cantando As Estações

 

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL

A Qualquer Custo

La La Land – Cantando As Estações

O Lagosta

Manchester À Beira-mar

20th Century Women

Quem eu acho que vai ganhar: La La Land – Cantando As Estações

Quem eu quero que ganhe: La La Land – Cantando As Estações

 

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO

Moonlight – Sob A Luz Do Luar

Lion – Uma Jornada Para Casa

Cercas

Estrelas Além Do Tempo

A Chegada

Quem eu acho que vai ganhar: A Chegada

Quem eu quero que ganhe: Moonlight – Sob A Luz Do Luar

 

MELHOR EDIÇÃO

A Chegada

Até O Último Homem

A Qualquer Custo

La La Land – Cantando As Estações

Moonlight – Sob A Luz Do Luar

Quem eu acho que vai ganhar: La La Land – Cantando As Estações

Quem eu quero que ganhe: La La Land – Cantando As Estações

 

MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃO

A Chegada

Animais Fantásticos E Onde Habitam

Ave, César!

La La Land – Cantando As Estações

Passageiros

Quem eu acho que vai ganhar: La La Land – Cantando As Estações

Quem eu quero que ganhe: Animais Fantásticos E Onde Habitam

 

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL

Audition (The fools who dream) – La La Land – Cantando As Estações

Can’t stop the feeling- Trolls

City of stars – La La Land – Cantando As Estações

The empty chair – Jim: The James Foley Story

How far I’ll go – Moana

Quem eu acho que vai ganhar: City of stars – La La Land – Cantando As Estações

Quem eu quero que ganhe: City of stars – La La Land – Cantando As Estações

 

MELHOR TRILHA SONORA

Micha Levi – Jackie

Justin Hurwitz – La La Land – Cantando As Estações

Nicholas Britell – Moonlight – Sob A Luz Do Luar

Thomas Newman – Passageiros

Dustin O’Halloran e Hauschka – Lion – Uma Jornada Para Casa

Quem eu acho que vai ganhar: Justin Hurwitz – La La Land – Cantando As Estações

Quem eu quero que ganhe: Justin Hurwitz – La La Land – Cantando As Estações

 

MELHOR EDIÇÃO DE SOM

A Chegada

Horizonte Profundo – Desastre No Golfo

Até O Último Homem

La La Land – Cantando As Estações

Sully – O Herói Do Rio Hudson

Quem eu acho que vai ganhar: La La Land – Cantando As Estações

Quem eu quero que ganhe: La La Land – Cantando As Estações

 

MELHOR MIXAGEM DE SOM

A Chegada

Até O Último Homem

La La Land – Cantando As Estações

Rogue One: Uma História Star Wars

13 Horas: Os Soldados Secretos De Benghazi

Quem eu acho que vai ganhar: La La Land – Cantando As Estações

Quem eu quero que ganhe: La La Land – Cantando As Estações

 

MELHOR DOCUMENTÁRIO

Fogo No Mar

I’m Not Your Negro

Life, Animated

O.J. Made In America

13 Th

Quem eu acho que vai ganhar: O.J. Made In America

Quem eu quero que ganhe: I’m Not Your Negro

 

MELHOR FIGURINO

Aliados

Animais Fantásticos E Onde Habitam

Florence: Quem É Essa Mulher?

Jackie

La La Land – Cantando As Estações

Quem eu acho que vai ganhar: Animais Fantásticos E Onde Habitam

Quem eu quero que ganhe: Animais Fantásticos E Onde Habitam

 

MELHOR CABELO E MAQUIAGEM

Um Homem Chamado Ove

Star Trek: Sem Fronteiras

Esquadrão Suicida

Quem eu acho que vai ganhar: Um Homem Chamado Ove

Quem eu quero que ganhe: Um Homem Chamado Ove

 

MELHOR CURTA-METRAGEM

Ennemis Intérieurs

La Femme Et Le Tgv

Silent Night

Sing

Timecode

Quem eu acho que vai ganhar: La Femme Et Le Tgv

Quem eu quero que ganhe: Sing

MELHOR DOCUMENTÁRIO EM CURTA-METRAGEM

Extremis

4,1 Miles

Joe’s Violin

Watani: My Homeland

The White Helmets

Quem eu acho que vai ganhar: Extremis

Quem eu quero que ganhe: Joe’s Violin

 

MELHOR CURTA-METRAGEM DE ANIMAÇÃO

Blind Vaysha

Borrowed Time

Pear Cider And Cigarettes

Pearl

Piper: Descobrindo O Mundo

Quem eu acho que vai ganhar: Pearl

Quem eu quero que ganhe: Pearl

 

Como vocês podem perceber, eu estou torcendo bastante por LA LA LAND. Se você for escolher um filme pra ver dessas indicações, escolha ele. (Mas não escolha só um, ok?) Além disso, vimos minha torcida para Animais Fantásticos, por motivos óbvios… Ainda estou um pouco surpresa de Esquadrão Suicida ter sido indicado (mesmo que seja só por maquiagem e cabelo), mas vou sobreviver.

 

Comenta aqui quais são os favoritos e as apostas de vocês! A gente vê se eu estava certa no dia 26 de Fevereiro!

Postado por:
Maria Helena

Postado em: Cinema

Compartilhe este post:

Share Button

dezembro 17, 2016

Já perdi as contas quantas vezes eu sofri por uma simples partida. Já me machucaram tanto que se tornou normal eu perceber alguém chegando e já me preparar para a hora da partida. As piores nem são aquelas que a gente deseja que nunca vão embora e sim aquelas que nos fazem pensar que nunca sentiríamos falta, mas quando partem fazem uma falta danada. E nem vou falar muito sobre aquelas partidas inesperadas… sabe quando você já preparou tudo pra aquela pessoa ficar, já se acomodou e aceitou ela do seu lado e então, de repente, ela se vai.

E não adianta tentar revidar. Quanto mais você reage, mais clara a sua sensibilidade se torna. É, eu sei como dói. E depois deixa de doer. E de uma hora pra outra… começa a doer novamente. Mas são essas dores que fazem de nós pessoas mais fortes, mais preparadas e, quem sabe, pessoas que vão pensar duas vezes antes de partir e machucar mais alguém.

Mas apesar de tudo, eu cheguei à conclusão de que o que importa de verdade não são as partidas, mas as chegadas. A presença, a convivência, a permanência. E convenhamos: as melhores pessoas são aquelas que fazem doer na hora da partida.

Postado por:
Maria Helena

Postado em: Textos

Compartilhe este post:

Share Button